segunda-feira, 25 de junho de 2012

Fellini às 8,30


Entre as pernas
da Prostituta do Mundo,
esconde-se a vergonha
do Cúmplice Pecado Burguês.
E ainda que a Espaçonave
carregue o Diabo
em seus 50 metros,
a Felicidade, diz Orígenes,
cá não está.
Não, Homem, não aqui,
pois eis que aos Serafins pertence
e é dom que não se suborna.
Que girem as burras
e rolem as antigas Liras,
enquanto a Musa recém vinda
é a distância que se aproxima
em surreal movimento
de desencontro na chegada
de toda partida.
Que os licores da sobremesa
sejam servidos, eis que
finda o banquete,
e os flautins já
tocam vulgares hosanas
no metafilme que se faz
ao som do gênio em "F".

E, depois, o frio vento
arranha-me a pele recém barbeada,
enquanto não chega
o carro da Realidade.

Homenagem pouca ao gênio Frederico Fellini.