segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Cult

Dormem os Gatos vagabundos
sobre os Pensares Profundos.
Já os vadios Cães
sonham aos pés de Guimarães.
Os Grilos da Consciência
ainda tentam despertar
uma outra clarividência,
mas os Ratos sorrateiros
já roem os Saberes Verdadeiros.
Ao Galo, só resta comandar
a muvuca do puleiro.

Que se queimem os livros derradeiros!
Sim! Decrete-se o fim da Cultura,
silva a Serpente, inimiga da Leitura.
Sim! Que se idiotize a distinta platéia,
uiva a feroz Alcatéia.
Que todos se hipnotizem
até a beira da vertigem,
zurra o Burro Pimpão (que
nem por isso assiste ao
"Grande bbb Irmão")
.

Que se deleitem com
a orgia Pantagruélica
e Freudiana, suspira
a Borboleta Machadiana...

E riem à sorrelfa
os lépidos animais
ao saberem o
quanto se paga,
por uma câmera a mais...

- Talvez todo ouro roubado da Gerais.
- Ora, ora, ó pá, de quem tu falais?
- Psiu! não lhes (nos) interrompam os Instintos Bestiais.


E dança, canta e balança
a bicharada que se lança
ao festim dos incultos
e dos pobres estultos.

E assim caminha,
em fila errada,
a Humanidade adestrada,
que a um comando
ri uma gargalhada
e assiste à "TV-Nada".