terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Chover

Cai uma chuva
tão suave,
que se pensa
que Deus nos acaricia.

Tudo existe
para findar o
que é triste.

O cheiro de terra molhada
preenche todo vazio
e é de toda sede
o pleno sacio.

O tempo passeia
no relógio
e a tarde se estende
até onde se compreende.
A vida, aos poucos,
se entende.