domingo, 3 de julho de 2011

Zaratustra

Assim disse *Zaratustra:
está morto o velho homem!
Eis renascido
o homem e o seu afago.
Eis-te renascido,
autor de Thyago.

Eis-te renascido,
homem de nova sina.
Aquece-te
o esplendor de Cristina.

Eis-te revivido,
poeta de generosos fados.
Um Sol renovado
caminha ao
teu lado.

            Dedicado a Thyago



*Da obra de Nietzsche.