terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Teria Sido

Tão bonito teria sido
se o viço
do inicio
não se tivesse perdido.
Se o calor do desejo
não fosse consumido
e a vontade de carinho
não se perdesse
n'algum escaninho.

Tão bonito teria sido
se cedências tivessem havido,
se compreensão tivesse existido
e se um tolo predominio
não fosse exigido.

Tão bonito teria sido
se o mútuo respeito
habitasse em nosso peito.
E se juntos caminhassemos
sem tantos descompassos
na cadência de nossos passos.

Tão bonito teria sido
se o amor se conservasse,
se o silêncio não chegasse
e se a vida não nos separasse.