terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Tema

Uma morte prematura,
qual bíblica censura,
levou a rosa pura.

Morte antecipada
de um Sol que mal nascia,
tateando poesia.

Cruel enigma,
que me fere como estigma,
impõe-me tua ausência
e essa dor sem leniência.

E só me deixa
um resto de poema
e a solidão como tema.