terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Rigor

Nem tudo, filho,
é preto e branco.
Há uma série
de cinzas
pela vida.
E até existe
cor em certos momentos,
que compensam
a folha branca
da poesia que se recusa.