domingo, 23 de outubro de 2011

Lar

Adentremos
a nova morada
e deixemos
no Passado
qualquer temor
encontrado.

Que o nosso amor
seja sempre Presente
e que a intensidade
nunca seja diferente.

Que cumplicidade
rime com sinceridade
e que a nossa Lua
esteja sempre Cheia
para iluminar
a paixão que nos incendeia.

E assim, doce menina
que o nosso Lar seja
iluminado com tua
luz cristalina.
E que da maldade,
esteja acima.