sexta-feira, 28 de outubro de 2011

AMORES

Amores de antes
repetem-se
em novos amantes.
Carinhos de sempre
percorrem novos corpos
e beijos esquecidos
renascem atrevidos.

Amores de agora
repetem
o fim da hora;
e a urgência
dos desejos proibidos
e só a custo contidos.

Amores sem Tempo
viajam pelas vidas
e como gerânios
impensados
só aguardam o momento
de serem rebrotados.

Amores em todos Espaço
aguardam seus hospedeiros
e sem a menor cerimônia
embarcam nos corações
passageiros.

Amores atemporais
seguem os Homens
feitos irracionais.
Neles habitarão,
quais Deuses e Tiranos
de todos os Arcanos.