sábado, 21 de maio de 2011

Cisnes

Morrem os Cisnes
pelo vazio
que
transborda.

Morrem os Cisnes
pela vontade
calma,
do desejo
que já não há.

Morrem os Cisnes
pela só querência
de corpos juntos
em espaços
desiguais.

Morrem os Cisnes
pelo gostar de te
ouvir, te falar.
E te ver partir.