segunda-feira, 24 de junho de 2013

Jasmim do Oriente



Porque há no teu sorriso branco
a sutileza desprendida das cerejeiras
e o voo de gueixas em sedas coloridas,
eu te sei a suavidade das porcelanas floridas.

Porque há o toque gentil de tuas mãos repletas de carícias
e a negra e suave noite que desliza nos teus longos cabelos
eu sinto o perfume das chegadas e o conforto das horas paradas.

E porque eu vejo os cristais que lhe adornam os seios
e antecipo o veludo de tua pele, vestida da mais pura nudez,
eu sei, que entre novos origamis, a vida se refez.



Produção de TAÍS ALBUQUERQUE, desde Vitória ES, no Outono de 2013.