segunda-feira, 3 de junho de 2013

O Ovo da Serpente*




Figura captada no Facebook, postada em 04 de junho de 2013. Veja Notas, no final.


“Na primeira noite eles se aproximam / roubam uma flor / do nosso jardim./ E não dizemos nada./ Na segunda noite, já não se escondem : / pisam as flores, / matam nosso cão, / e não dizemos nada./ Até que um dia / o mais frágil deles / entra sozinho em nossa casa, / rouba-nos a luz, e, / conhecendo o nosso medo / arranca-nos a voz da garganta./ E já não dizemos nada.”


Eduardo Alves Costa



Como seria cômico senão fosse trágico, optaremos pela primeira alternativa:

- Companheiros, ANAUÊ! Sim, verdadeiro patriotas, eles voltaram e acabarão com a bagunça. Vejamos como:

Acabarão com a MALDITA BOLSA FAMÍLIA. Em seu lugar nós vamos reimplantar os velhos e bons Caminhoes Pipas e as Cestas da Conab, pois eles sim, são os cabrestos corretos, já que não permitem que pobre tenha liberdade de escolha.

Como vocês devem lembrar, os alimentos que compunham as Cestas eram comprados de apenas alguns valorosos empresários brasileiros. Amigos leais que cobravam um pouquinho mais caro (os baderneiros Comunistas acham que 300% é muito coisa e chamavam essa prática de “Superfaturamento”), mas contribuíam religiosamente com os nossos sólidos e bons Partidos Políticos e com as contas de muitas e muitas de nossas ilustres Autoridades.

Pobres Industriais e Comerciantes, aliás, que tiveram que amargar com a concorrência externa porque os Bagunceiros acharam por bem destruir toda a nossa saudosa “Reserva de Mercado” que nos protegia dos lobos estrangeiros, os quais, aliás, inundaram o nosso País de telefones, computadores, televisores e outras máquinas de tal maneira que hoje qualquer pobretão da Classe C tem o seu telefone. Ah que saudades, quando o telefone era um patrimônio e alguns comerciantes até tinham algum lucro alugando-os. Poxa, como era bom, quanto o Povo só comprava o que nós oferecíamos e não o que eles queriam.

Mas não. Tanto fizeram que a gentalha das Classe C a Z, ao invés de comerem das nossas Cestas, agora compram o que querem e onde querem e, com isso, o que aconteceu? Minguaram as tradicionais famílias industriais e comerciantes e até a Contribuição que eles davam.

Como é que pode? Como é que foram deixar pobre escolher? Pobre não sabe escolher. Mas agora a farra deles acabou, pois eles voltaram. E logo vamos ter novamente as Cestas da Conab e os Caminhões Pipas. Pobre sempre foi vagabundo mesmo, mas pelo menos agora eles vão ter comer o que nos der lucro. Acabaremos com essa festa de buscarem o menor preço e melhor produto, pois essa concorrência maldita acabou com várias firmas tradicionais e além disso aumentou o Salário Mínimo e a oferta de empregos. Com isso, eles perderam o medo de serem demitidos, fazem greves e não hesitam em trocar de emprego, esquecendo que antes de tudo o Patrão era seu grande amigo.

Outra coisa que eu espero com ansiedade com a volta Deles é a restituição do nosso saudoso padrão monetário. Lembram que delicia era o “overnight (que os Vermelhos chamavam de “agiotagem noturna). Hoje se descabelam porque a inflação chegou a 6,5% ao ano, mas conosco ele vai voltar ao patamar de sempre: os gloriosos 2.400%, pois, não é justo que os Banqueiros e os Capitalistas tenham que trabalhar para viverem. Afinal eles descendem de famílias tradicionais e não seria elegante terem que suar para ganhar a vida. Portanto, não se desesperem amigos Banqueiros, logo sob a batuta do grande Delfim e outros próceres daquela geração a inflação voltará a ser a nossa aliada.

Mais uma desgraça dessa maldita BOLSA FAMÍLIA, que logo será extinta com a graça do Todo Poderoso e de Seus instrumentos, é que com o aumento nas compras que os pobres fazem, aumentou o número de lojas e de fabricas e com isso aumentou a oferta de empregos (só porque na Europa o desemprego beira os 18% e aqui não atinge os 6% os Anarquistas baderneiros estão saltando de alegria) e em sentido contrário diminuiu o número de meninas e de mocinhas que a gente punha em casa e tratava como se fossem da família para serem Empregadas Domésticas

Vocês lembram de como elas nos adoravam. Tanto que nem se incomodavam de trabalharem 18 horas por dia, de não terem folga, de serem xingadas pelas nossas crianças e de serem censuradas por nossas amadas esposas (elas sabiam que as broncas eram uma forma de carinho). Lembram-se do quanto elas nos amavam e eram gratas porque nós lhes dávamos casa e comida e as roupas que as nossas filhas não queriam mais? Mais isso acabou. A canalha, primeiro dos Tucanos e depois dos Vermelhos da Estrela tanto fez que criaram uma Lei que lhes dá Direitos como se elas fossem pessoas normais. Como se fossem gente como as outras.. Ora... 

E o pior, na falta das mesmas, quem é que faz o serviço? As nossas amadas esposas. Dói na alma ver suas mãozinhas brancas lavarem, passarem e cozinharem, quando a obrigação seria daquelas escurinhas vagabundas e ingratas.

Aliás, por falar em “mãozinhas brancas” outro aspecto que Eles resolverão de imediato é a questão criminal. Lembram-se, valorosos patriotas, de quando a Polícia seguia a risca o seu lema preferido: preto parado é suspeito, correndo é culpado! E bala e borracha, que cacete não é santo, mas faz milagre. Poxa, que saudade do meu tempo na caserna quando o meu bom sargento, muito brincalhão, vivia dizendo: “se preto fosse gente, urubu era tenente”. Que pândega, meu Bom Jesus. Só que agora, os Baderneiros não deixam mais nada disso acontecer.

Imaginem, os pretos adoravam essas brincadeiras, pois sabiam que nós achávamos que eles eram pretos sim, mas que tinham a "Alma branca". Hoje, nem de preto a gente pode chamar os crioulos. Agora tem que chamar de afrodescendentes. Aliás, foi no governo do Sapo Barbudo da Estrela Vermelha que um deles foi nomeado para o Supremo Tribunal. Aonde isso vai parar?

E no governo da Terrorista, então, que tem mais mulher que homem no Ministério. Como se elas tivessem competência para isso. Por isso é que o Brasil está essa baderna só. Por culpa delas que nunca deveriam deixar de obedecerem aos maridos. Foi porque elas abandonaram os lares que aconteceu a desagregação familiar e o homem deixou de ser o Senhor e ela a Rainha do lar. Aliás, foi aí que os anormais viraram gente. Afinal, a bagunça chegou a um ponto que nem se sabe mais quem é homem e quem é mulher.

Parece que esqueceram todos os Ensinamentos da Santa Madre Igreja e deixaram a devassidão corromper a nossa juventude. Agora, por culpa dos bagunceiros, cachaceiros, comunistas e anarquistas os Anormais tem que ser admirados, ou no mínimo respeitados. Aliás, eu posso até ser processado por falar Anormais. Agora eles só podem ser chamados de Gays, ou Homossexuais

E como para Satanás não há maldade que baste, os Comunas fizeram uma Lei que lhes permite, pasmem senhores, casarem! Isso mesmo, casarem! Como se Nosso Senhor Jesus Cristo não estivesse atento a esse sacrilégio contra o santo Sacramento. Mas deixa estar, Eles voltaram. Logo, logo veremos se de novo “homem com homem não vira lobisomem” e “mulher com mulher não vira jacaré”. Essa canalha não perde por esperar. Aonde foram parar a Moral e os Bons Costumes? Os Sagrados Valores da Família? Foram esmagados pela Foice e pelo Martelo e levados no bico dos Tucanos. Cambada de comunas.

Os mesmos Comunas, aliás, que insistem em manter o Congresso funcionando. É certo que a grande maioria dos nobres Deputados e Senadores é gente nossa. Honesta, de família, de confiança. Patriotas desprendidos que são incapazes de pensar em si e pensam apenas no bem estar na nossa Pátria querida. O problema é camarilha que lá existe e que inventa moda e agindo como serpentes que são criam Leis, como aquela maldição que Preserva o Meio Ambiente e só serve para atrapalhar os nossos tradicionais fazendeiros e pecuaristas (que eles, a corja comuna chama de Latifundiários).

Eu pergunto o porquê de se proteger os índios (uma cambada de bêbados vagabundos)? Por quê proteger árvore, bicho, rio, cachoeira? O certo era descampar aquele tudo e encher de boi, de pasto, de progresso. Mas eles, também, que aguardem, pois o seu dia não tarda. Felizmente, Eles voltaram. Logo o pau de arara do Dr Fleury volta a cantar bonito.

Cantar bonito neles e nos Estudantes. É, pois não é que os Comunas criaram Leis, Prouni, e outras coisas que facilitam o acesso às Universidades. Antes não. Antes eram apenas os filhos das Elites que iam ser Doutores. Agora, qualquer favelado pode ter diploma. É o fim do mundo mesmo. E o que é pior é que ao invés de estarem estudando, não. Eles estão fazendo passeatas, protestos, como se isso fosse um Direito. Teve até um grupelho que se atreveu a ofender o nobre Deputado que é Presidente da Comissão dos Direitos Humanos (direito ao cano, logo eles verão, isso sim) apenas porque sua Excelência disse que os pretos, desculpe, os Afrodescendentes, são pretos porque foram amaldiçoados. Mas gente, em que Vossa Excelência está errado? Pois isto está na Bíblia e nós sabemos que a Bíblia e a Palavra do nosso Bom Deus.

Mas isso eu acho que também é culpa da Televisão e principalmente da Internet que permite ao sujeito ter contato com o Mundo todo e ficar com a cabeça cheia dessa bobagens, do tipo Igualdade, Liberdade e outras asneiras. Que todos aguardem, pois breve a Autoridade se fará respeitar pela bala.

E que ajam primeiro sobre esses malditos que estão torrando o dinheiro do Brasil com bobagens do tipo: aumento na Aposentadoria, no Salário Mínimo, no pagamento da Divida Externa, sobre a qual, aliás, já dizia o nossos glorioso  Delfim que não era mesmo para ser paga, só empurrada com a barriga. Afinal, gente, que mal havia se os outros Países nos chamassem de caloteiros, de “não sérios”. Era só fingir que a gente não escutava. Ou torrando o nosso dinheiro para diminuir a miséria (bom era no nosso tempo em que uma Seca como essa que assola agora o Nordeste rendia uma batelada de “cabeça chata” para servir de servente de pedreiro em São Paulo, ah, ah, ah).

Outra coisa, e o dinheiro que estão gastando com os Estádios, hein? Será que essa canalha não poderia nos imitar e fazer as obras que nós fizemos e que até hoje são de imensa serventia para a Pátria, como, por exemplo, a Transamazônica e as Usinas de Angra dos Reis?

Mas não nos desesperemos, patriotas "verde-amarelos", pois Eles voltaram. Logo, a “mão amiga e o braço forte” esmagará essa cambada. Esse bando de gente preta, marrom, pobre, feia, favelada que nos últimos anos pensou que era gente também. Gente sem berço, sem herança e sem educação. E, principalmente, sem o Grande Arquiteto do Universo no coração. Mas eles que esperem.

Por que antes deles, a espada cairá sobre os Poetas, os Artistas, os Escritores, os Pintores, os Escultores e os outros metidos a Intelectuais que vivem de vento e nada produzem. E pior influenciam a gente que eu citei no paragrafo supra. Que lhes enfia na cabeça a ideia de que eles também são cidadãos e tem direito de exigir que o Estado os trate como tais. Que lhes diz que a corrupção só será eliminada quando eles não votarem em corruptos. Que lhes ensina a protestar, a desejar, a reivindicar. Ainda bem que graças à Virgem Maria, os que lhes escutam são poucos e o resto está na nossa mão. Esses, nunca pensam e só repetem o que dizemos. Nós já os amansamos desde os gloriosos tempos do “Estado Novo”.

Agora, companheiros, para encerrar minha peroração, saúdo as Novas Autoridades Militares e Eclesiásticas e lhes deixo as minhas lágrimas enternecidas por ver na Aurora que novamente o Brasil será de quem “o Ame, ou o Deixe”.


ANAUÊ! ANAUÊ! ANAUÊ**! HURRA! HURRA! HURRA!.

NOTA 01 - Compus este artigo usando o artifício da ironia como fica claro desde o inicio. De todo modo, conto com o discernimento do (a) leitor (a) que certamente saberá que meus ideais socio-políticos são completamente opostos e caminham no sentido da estrita Legalidade Democrática. O uso da ironia foi justamente para demonstrar a sórdida falácia que se esconde atrás dos discursos que ora vogam ao sabor das ignorâncias de quem os repete.

NOTA 02 - Em relação à gravura no caput, volto a esclarecer que foi copiada da Rede Social chamada de “Facebook”, postada em 04 de junho de 2013. Acredito que se trata de uma fotomontagem, pois creio sinceramente que um veículo de comunicação como a Revista Veja não se prestaria a propagandear o crime de Lesa-Constituição que o Golpe Militar representaria. Tampouco acredito que as Forças Armadas, na atual conjuntura, se prestassem ao papel de executoras dos desejos mesquinhos de uma burguesia perdida em seus fracassos pessoais.

NOTA 03 - Por fim, peço sinceras desculpas por ter utilizado termos abomináveis, mas que até há pouco tempo eram comuns no tratamento de pessoas negras, homossexuais, pobres, periféricas, habitantes de comunidades etc. Estou certo de que novamente o discernimento dos (as) leitores (as) compreenderá que foram usados à contra gosto e apenas para efeito de composição textual.

*Titulo inspirado no filme homônimo de Ingmar Bergman que versa sobre o risco sempre presente do renascimento da Nazi-fascismo.

** ANAUÊ - palavra do idioma Guarani que foi utilizada como saudação pelos ultradireitistas que se alinhavam na Frente Integralista. Em tradução aproximada significa: "eis-me aqui"  


 Para Beth. Não passarão, companheira. Fique em paz. Saudades.