sexta-feira, 21 de maio de 2010

Creio

Santa vigilia
por Santa Virgilia,
rezada em puro latim
com a benção de São Serafim.

Ou será outra Santa,
nessa aflição tanta,
que das chamas me salvará
como velho Orixá?
Oxalá,
saravá!

"Eu creio por ser absurdo"
assim disse Tertuliano.
Nada ouço por ser surdo;
nem o negro no piano,
nem os anjos nas harpas.
E entre tapas e farpas
assim vou levando ...

Sigo para o Calvário,
preso como verbo no diário,
a quem conto meu drama
e o choro que te chama.