domingo, 8 de julho de 2012

A Moça dos Longos Olhos


E porque se sabe
da leveza de um carinho,
adivinha-se a maciez sem peso
das mãos que tudo sugerem,
em plena cumplicidade
do silêncio entre sorrisos.

E porque se quer a
a ausência de toda distância,
lança-se um verso
como ponte de travessia
e nas palavras se caminha
em busca
da moça dos longos olhos.