domingo, 25 de maio de 2014

O Perdão



Dê-me a mão e caminhemos.
Talvez em alguma esquina
encontre-se o perdão
e uma Lua qualquer
ilumine a nossa redenção.
Talvez, Musa, 
os versos
voltem na maré 
e de poesia
a gente refaça o caminho.