sábado, 18 de junho de 2011

Cristal

Então aconteceu:
partiu-se o Cristal
e o parto de luz
iluminou a minha
espera;

eis-te em minha
vereda,
como estrela a ser
possuída,
como carícia a ser
sentida,
como trilha a ser
seguida,
como mágoa a ser
proibida
e alma a ser
despida.