domingo, 27 de abril de 2014

Os Profetas




O Santo na pedra cristaliza um sonho de bondade
e a arte de Aleijadinho lhe permite a eternidade.
Barrocos olhares miram o infinito
e as faces de anjos e de demônios
perpetuam em frios granitos
os homens e seus gritos.

O eco dos carrilhões
espalha a falsa santidade,
mas o ouro dos altares
não oculta o cesto de pesares.

As ladeiras carreiam os martírios
e nas Inconfidências vagam os delírios.
Impávidos, os Profetas a tudo assistem
e recusam o milagre rogado.
Somos o Passado.


Homenagem pouca a Antonio Francisco Lisboa, o Mestre Aleijadinho.


Produção e divulgação de YARA MONTENEGRO, assessoria de Imprensa e de RP, desde o Rio de Janeiro, a Cidade Maravilhosa, no Outono de 2014.