quinta-feira, 3 de outubro de 2013

Novos Anjos


É preciso que todos os amores sejam feitos,
ainda que os leitos sejam imperfeitos,
pois eis que dos ventres semeados
haverão de nascer
novas legiões de anjos e arcanjos.

A semeadura de todas as possibilidades
promete novos sonhos e novas realidades.
É tempo de amor e de verdade.
Deixemos as mágoas
e naveguemos as novas águas.

Fartas messes a todos servirão,
pois foram fartas as primícias ofertadas
aos deuses da vida e da Terra Prometida.
Saboreemos a virtude do instante
e o doce fruto abundante.


Porque hoje celebra-se o dia de São Francisco, dedico esse poema para o meu querido Francisco Leite, cuja generosidade antecipou-nos os anjos vindouros.


Produção e divulgação de TANIA BITENCOURT, rien limitée, desde Luziânia, na Primavera de 2013.