quinta-feira, 3 de outubro de 2013

Brasilianas



A palavra que se nega ao poema
nada contaria dessa dor
que chega com a tua ausência.

Das cinzas remexidas não brota
novo Fênix, tampouco gerânios.
Apenas o pó, ao qual se regressará,
modela o horizonte sem mistérios.

E o verde canto da Musa
perde-se em secos labirintos
sem mar que o devolva na maré.




Produção e divulgação de TANIA BITENCOURT, rien limitée, desde Brasília, na Primavera de 2013.