segunda-feira, 15 de julho de 2013

Insanas Odisséias



Insanos Ulisses, só fazemos durante a vida
voltar ao reino perdido, sem que algum Homero
garanta-nos que Penélope nos espere.

Insanos, abandonamos até quem nos amou
na eterna ilusão de Ítaca idealizada,
do solo sagrado e do tesouro que um dia
foi desejado.

Insanos, navegamos os mares
em que a vida nos afoga
e ao fim da nossa trágica epopeia
encontramos apenas os inimigos
que sempre nos habitaram.


Produção e divulgação de TAÍS ALBUQUERQUE, desde o Rio de Janeiro, no inverno de 2013