sábado, 25 de fevereiro de 2012

A Semente

A chuva que
molha o Mundo,
germina a semente
num segundo;
e a semente
vira gente
enterrada nesse
jardim diferente.

Quantos já foram antes
aos Círculos de Dante?
Quantos, comigo aguardam
a dama de preto
com quem se dança
o último minueto?

A vida passa
depois da janela.
No fim, será só
uma folha de Outono
amarela.