segunda-feira, 17 de novembro de 2014

A Luz e a Pedra


Conta o Gêneses
que assim disse Deus:
Faça-se a luz!

Então, o mulato Antonio
empunhou o seu cinzel
e de cada pedra-sabão
fez a estrela que faltava.


Homenagem pouca ao gênio de Antonio Francisco Lisboa (Aleijadinho - 1730-1814, Ouro Preto, MG) por ocasião do bicentenário de seu falecimento.


Lettré, l´art et la Culture. Rio de Janeiro, Primavera de 2014.