sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

Os Vazios



Porque saudade
é abraçar o vazio,
logo se compreende
que toda partida
é a chegada do nada.





Produção e divulgação de Vera L. M. Teragosa.
Lettre la Art et la Culture

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para o site "www.fabiorenatovillela.com"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.