segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

O Impeachment e a Impopularidade - Carta aberta ao Deputado Ivan Valente.


Ilustre Deputado:

Na qualidade de seu eleitor contumaz, escutei-o na manhã de hoje em um curto debate na Radio CBN e tive o desprazer de ouvir a sua afirmativa de que “a baixa popularidade de um (a) Presidente não seria motivo para o seu afastamento”.

Por discordar de vossa opinião, peço a sua atenção para as seguintes ponderações:

1) TODO PODER EMANA DO POVO – tanto para concedê-lo, quanto para resgatá-lo. Logo, a impopularidade baseada em fatos concretos, é, sim, motivo para que o mandatário seja destituído.

2) A impopularidade da atual Presidente da República – Sra. Dilma Houssef - não pode ser considerada gratuita, haja vista ter-se originado no discurso falacioso* que foi feito no período eleitoral e que diante da nefasta realidade cotidiana, desnudou-se completamente.

3) Ademais, chega a ser indecoroso condenar todo um povo a viver a aflitiva situação em que estamos vivendo por mais três anos, em função de um princípio abstrato e totalmente distante da realidade de quem trabalha e paga impostos e, por isso, exige a devida contrapartida.

4) Em relação aos supostos ilícitos cometidos pela Senhora Presidente – os quais, em vossa avaliação, seriam o único argumento legítimo para a sua destituição – nada comentarei por não ter capacidade jurídica para fazê-lo e nem comprovação cabal da existência dos aludidos malfeitos. Atenho-me, portanto, a questão da impopularidade.

Por fim, mantendo a confiança que lhe dediquei ao lhe dar o meu voto, rogo que Vossa Excelência reveja a sua posição ou, no mínimo, o seu discurso, haja vista que ele contradiz o princípio básico da Democracia e afronta o Artigo I da nossa Constituição: Todo poder emana do povo e em seu nome será exercido.



Atenciosamente



FABIO RENATO VILLELA



Nota* - falácia comprovada pelo próprio Senhor Luis Inácio Lula da Silva em discurso feito aos seus pares, conforme noticiado pelos jornais escritos e televisados.

C.C. Websitio do PSOL - www.fabiorenatovillela.com - Rede Social – Facebook – página do missivista.